Espetáculo “Quixote” reestreia em São Paulo

Espetáculo “Quixote” reestreia em São Paulo

A peça “Quixote”, inspirada na obra de Miguel de Cervantes, com direção de René Piazentin, volta aos palcos no teatro Paulo Eiró, durante os dias 15 a 31 de maio. A companhia apresenta a história sem utilizar texto e o foco fica por conta das ações corporais, da música e luzes que juntas criam um ambiente lúdico para a montagem.
O jovem grupo teatral não se preocupou em adaptar com exatidão a obra de Cervantes. A peça se construiu através do processo colaborativo, mostrando situações diferentes que em paralelo se relacionam com as cenas já conhecidas pelo público, como o encontro de Quixote com seu fiel escudeiro Sancho Pança.

A montagem utiliza recursos que modernizam a obra como referências a figuras contemporâneas como Gandhi e Martin Luther King. O cenário da peça é repleto de rodas de bicicletas e livros antigos, pijamas são usados como figurino, tudo isso para dar a atmosfera lúdica à história.
“Quixote é uma metáfora e uma fábula. Ou a metáfora de uma fábula”, diz René Piazentin, diretor da peça. “Quixote se dá a liberdade de olhar o mundo com outros olhos, de enxergar aquilo que nos é posto como definitivo de uma maneira transgressora. Ele nos redime da obrigação de sermos heróis e nos inscreve na categoria dos ‘anti-heróis’ imperfeitos, patéticos, cheios de falhas e desejos impossíveis. É o herói que se trai, que revela seu lado fraco, que é humilhado, massacrado, mas defende seu direito sagrado de crer que o mundo pode – ou ao menos deveria – ser diferente. E é bonito ver o herói se traindo. Porque é humano”, finaliza.
Ficha técnica:
“Quixote”, adaptação livre do texto de Miguel de Cervantes

Direção – René Piazentin
Assistente de Direção – Nathalia Dezoti
Iluminação, cenário e figurino – René Piazentin
Maquiagem – Carolina Costa
Apoio Teórico – Leila M. Ruiz Babadópulos
Programação Visual – Aline Baba e Caio Franzolin
Divulgação – Caio Franzolin e Mariana Viana
Produção – Núcleo Imaginário de Produção
Fotografia – Mariana Noguera e Ana Ono
Coordenação do Projeto – Aline Baba
Elenco – Aline Baba, Caio Franzolin, Caio Marinho, Camila Nardoni, Carolina Costa, Felipe Ormeni, Kedma Franza, Luana Frez, Mariana Viana, Thaíssa Landucci e Vinicius Roszczewski.

Serviço:

Duração: 60 minutos
Temporada de 15 a 31 de maio
Sextas e sábados às 21h
Domingos às 20h
Dias 15, 16 e 17 – grátis
Ingressos: R$ 10
Meia entrada para idosos, estudantes e classe teatral
Capacidade: 600 lugares
Teatro Paulo Eiró
Av. Adolfo Pinheiro, 765 – Santo Amaro
Tel: 5546-0449

 

Previous Estreia o Instituto de Tecnologia Teatral
Next Rio de Janeiro terá o seu Viradão Cultural em junho

About author

You might also like

da Redação 0 Comments

Tradição e modernidade coreana

Balé Nacional da Coreia chega ao Brasil em outubro para celebrar os 50 anos de relações diplomáticas entre os dois países

da Redação 0 Comments

Ação de Microprojetos Mais Cultura investe 13,5 milhões no semiárido brasileiro

O MinC (Ministério da Cultura), por meio do Programa Mais Cultura, investirá R$ 13,5 milhões no seminário brasileiro. A ação de Microprojetos Mais Cultura beneficia especialmente jovens entre 17 e

da Redação 0 Comments

Sesc Bom Retiro apresenta “King Arthur”

Ópera é apresentada em São Paulo

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!