Quartas na Dança apresenta coreografia vencedora do Açorianos

Na próxima quarta-feira, 17, às 20h, no Teatro Renascença (Avenida Erico Verissimo, 307), o projeto Quartas na Dança apresenta o espetáculo A3, que conquistou o prêmio de melhor coreografia no Açorianos 2008. A entrada é franca.

A montagem traz referências da dança pós-moderna. O espetáculo é interpretado e produzido por Juliana Vicari, Thaís Alves e Carol Laner. A coreografia nasceu a partir do resultado dos trabalhos de conclusão de curso na Graduação em Dança da UERGS-Fundarte. A montagem foi desenvolvida a partir de pesquisas abordando questões como escrita do movimento, improvisação e composição coreográfica. Além de interpretar, as protagonistas assinam a concepção e o figurino. A trilha sonora também é delas, em parceria com Arion Engers. A iluminação é de Karrá.

O Projeto Quartas na Dança chega a quarta edição e já apresentou espetáculos de dança indiana, folclore gaúcho e dança flamenca. A proposta é de abrir espaço para diversas linguagens, através de produções coreográficas qualificadas de grupos e companhias da cidade. Na edição do dia 1º de julho a atração será a Cia Municipal de Dança, de Caxias do Sul, convidada para o evento.

O projeto é uma iniciativa do Centro Municipal de Dança, da Secretaria Municipal da Cultura . Mais informações por (51-3289-8065 – 9236-7320), ou email(centrodedanca@smc.prefpoa.com.br).

Previous “A Bofetada-Ano 21” volta a ser apresentada em Salvador
Next Mês de junho repleto de atrações no Rio de Janeiro

About author

You might also like

da Redação 0 Comments

Políticas públicas para a cultura em debate no Rio de Janeiro

Com o tema “Interações Estéticas em Rede”, será realizado de 12 a 14 de novembro, no Rio de Janeiro, o II Encontro Funarte de Políticas para as Artes. A abertura

da Redação 0 Comments

Cia. do Feijão recebe em sua sede o grupo “A BARCA” – A MÚSICA QUE O TEATRO TEM

Uma programação gratuita especial com trabalhos de artistas que têm em comum a intersecção entre as linguagens teatral e musical. Em síntese, este é o objetivo do projeto “Fusões –

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!