Projeto de dança ocupa a Sala Gumiel da Funarte com dança

Projeto de dança ocupa a Sala Gumiel da Funarte com dança

Texto oficial adaptado por Rubens Barizon
Da redação do Jornal de Teatro,RJ

 

O projeto “Conexões” é a próxima ocupação plural do Complexo Cultural Funarte/SP e propõe, a partir de 25 de abril, uma série de ações para promover a disseminação e o acesso à dança contemporânea para fomento ao diálogo, à reflexão, à qualificação artística e à formação de público. Vão ser oito meses consecutivos da ocupação da Sala Renée Gumiel. 

 

O projeto contempla uma programação diversificada, instigante e representativa da produção em dança na atualidade, e viabiliza curtas temporadas a preços populares, convidando artistas, coletivos e companhias nacionais e internacionais a realizarem propostas em diversos formatos. “Conexões” ainda prevê a realização de oficinas gratuitas, ações no entorno do complexo cultural e encontros mensais para debater as propostas dos convidados. 

 

“Conexões” tem início com “O Animal Mais Forte do Mundo” da Cia. Ângela Madureira e Ana Catarina Vieira, que aprofunda o processo de composição com os registros fotográficos do seu repertório, iniciado em 2008 com o espetáculo “O Nome Científico da Formiga”. Dando maior visibilidade às danças da cultura popular que povoam a sua pesquisa de linguagem, há, na obra, uma brincadeira de ocultar e mostrar que está presente na trilha, na coreografia e no figurino. 

Cada obra da trilogia tem características próprias, mas o processo de pesquisa de linguagem da dupla permanece o mesmo. Desta vez, foram reunidas 1800 fotos dos processos de criação que resultaram nas obras anteriores do seu repertório. São imagens de Somtir (2003), Outras Formas (2004), Como? (2005) e Clandestino (2006), que foram retrabalhadas com a proposta de reciclar os materiais originais destas coreografias em uma nova colagem.

 

Nesta etapa do processo, Ângelo e Ana Catarina buscaram dar mais visibilidade para as danças da cultura popular. Há uma brincadeira intencional com a cultura popular de esconde-e-aparece que está presente na trilha, na coreografia, e no figurino. “O Animal Mais Forte do Mundo” propõe algumas questões sobre o lugar do forte e da força da sobrevivência. Mais uma vez, a direção é de Fernando Faro – criador e diretor de programas da TV Cultura como MPB Especial e Ensaio, e de artistas como Paulinho da Viola, Vinicius e Toquinho, Chico Buarque, Milton Nascimento, Elis Regina, Martinho da Vila e João Gilberto, entre outros.

Mais informações no endereço:conexoesdanca.com

Previous Festival de Dança de Joinville
Next Salvador e BH recebem festival Vivadança

About author

You might also like

da Redação 0 Comments

Sansacroma seleciona atores e bailarinos para Trilogia Militantes do Ideal

A Cia. Sansacroma promove, dia 23, às 14h, no Espaço Artemanha, audição para selecionar intérpretes para o projeto “Trilogia Militantes do Ideal”. Interessados devem enviar currículo para ciasansacroma@gmail.com até o

da Redação 0 Comments

“Patinho Feio” conta história infantil de uma maneira diferente

História infantil é encenada no Teatro de Arena Êugênio Kusnet

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!