Festival Internacional promove debate sobre o teatro contemporâneo

Festival Internacional promove debate sobre o teatro contemporâneo

Por Ive Andrade

O FIT (Festival de Teatro de São José do Rio Preto), sediado na cidade localizada no interior paulista, a 450 quilômetros da capital, comemora seu 40º aniversário. Em sua última edição, o FIT reuniu, aproximadamente, 130 mil pessoas. Foram dez estados brasileiros participantes (Minas Gerais, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Paraná, Goiás, Rio Grande do Sul, Bahia e Distrito Federal) e sete países de diferentes continentes, entre eles França, Polônia e Argentina. A 40º edição do festival, acontecerá entre os dias 16 e 25 julho.

O que caracteriza o FIT como um dos maiores festivais internacionais de teatro do Brasil não é a competição – que deixou de existir com a reformulação do projeto, em 2000 -, mas “um evento voltado à experimentação, à busca de novos conceitos e linguagens que levem ao aprimoramento e avanço das criações teatrais”, segundo o diretor do festival, Jorge Vermelho.
A edição de 2009 ainda não tem todos os espetáculos definidos e a organização só divulgará todas as atrações no dia 17 de junho. Para se ter uma idéia da dimensão do festival, mais de 50 espetáculos aconteceram no ano passado. Este ano, mais de 400 grupos se inscreveram para participar, um reflexo de que o evento está em plena ascensão. “A cada ano o festival estabelece-se como um dos principais pólos de discussão teatral contemporânea”, avalia Vermelho.
A seleção dos espetáculos é feita através de uma equipe curatorial, que “analisa as propostas e filmagens das companhias de teatro inscritas no festival”, explica o diretor. A comissão que elege os participantes é sugerida pela própria classe teatral e, por isso, o FIT tem forte presença crítica em suas edições. Exemplo disso é o Painel Crítico, evento realizado todos os anos no qual críticos convidados dão suas opiniões sobre os espetáculos apresentados e promovem o debate dentro do módulo Atividades Formativas.

Outra forte postura do festival é justamente a discussão sobre o teatro contemporâneo e sobre o cenário apresentado pelos grupos, colocando o FIT entre uma das referências do teatro nacional, além de promover “troca, intercâmbio, reflexão, circulação de espetáculos e de idéias”, diz Vermelho. A idéia é que, trocando informações e experiências, os profissionais presentes consigam evoluir ainda mais a cena teatral brasileira e mundial.
A realização do Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto acontece graças à parceria entre a prefeitura de São José do Rio Preto e o Sesc, que custeiam boa parte dos gastos (as entidades contam, também, com apoio de diversos patrocinadores, como a Petrobras, o Governo do Estado e a Caixa Econômica Federal).

Previous Mais de cinco décadas ensinando teatro
Next Cena Contemporânea abre vagas para festival em setembro

About author

You might also like

Festivais 0 Comments

Vale a pena participar de festivais?

Pela experiência de algumas companhias de teatro, a resposta é ‘sim’, mesmo com as dificuldades financeiras e de incentivo enfrentadas.

Festivais 0 Comments

FIAC-BA chega a segunda edição visando a pluralidade artística

Por Daniel Pinton Schilklaper A partir do próximo dia 23, a Bahia abre suas cortinas para o Fiac-BA 2009 (Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia), em busca de uma

Festivais 0 Comments

Com sucesso, FIL leva programação multicultural a São Paulo

Por Daniel Pinton A sétima edição do FIL (Festival Internacional Intercâmbio de Linguagens) não apenas trouxe mais uma vez ao público carioca seu anual conceito holístico de arte, mas também,

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!