Cultura Inglesa apoia espetáculos de dramaturgos britânicos

Cultura Inglesa apoia espetáculos de dramaturgos britânicos

Por Pablo Ribera

O centro de educação Cultura Inglesa trabalha no Brasil com o propósito de não ser apenas uma escola de idiomas, mas, também, como propagadora da cultura britânica no nosso País. E uma de suas ferramentas para concretizar esse projeto é o teatro. A escola apoia espetáculos realizados por dramaturgos de origem britânica, visando um entendimento maior das pessoas sobre a importância desses autores. “O que fazemos são pequenos apoios a peças em cartaz, para que, assim, a cultura da Grã-Bretanha seja propagada no Brasil”, disse o gerente cultural da escola, Laerte Mello.
Um exemplo é o patrocínio do centro de educação para a peça “DNA”, de Dennis Kelly. No enredo, um grupo de adolescentes comete um grave erro por levar uma brincadeira às últimas conseqüências e, na tentativa de ocultar o ato, se envolve em uma série de acontecimentos que complicam, cada vez mais, a delicada situação.
Além de apoio, a Cultura Inglesa promove uma série de espetáculos culturais baseados em autores ingleses. O Cultura Inglesa Festival, realizado anualmente, apresenta formato original, inaugurado em 2004, no qual a cultura britânica é interpretada e recriada por artistas brasileiros das áreas de artes visuais, do cinema, da dança e do teatro adulto e infantil. Com o patrocínio da Cultura Inglesa, os projetos escolhidos por uma curadoria de jornalistas, acadêmicos e artistas das diversas áreas se transformam em 15 atrações produzidas especialmente para o festival.
Na última edição, em maio deste ano, a Cultura Inglesa disponibilizou, ao todo, R$ 487 mil para patrocinar a produção dos projetos selecionados. Dessa verba, R$ 25 mil foram destinados para premiar as melhores produções. O patrocínio para cada um dos três projetos escolhidos por área foi distribuída da seguinte maneira: R$ 36 mil (Teatro Adulto), R$ 31 mil (Teatro Infantil, Dança e Cinema Digital de ficção e animação) e R$ 25 mil para Artes Visuais.
Uma das peças premiadas foi “Celebração”, do inglês Harold Pinter. A história se passa em um restaurante, onde os personagens Julie e Lambert comemoram seu aniversário de casamento, acompanhados de um casal formado pela irmã dela, Prue, e do irmão dele, Matt. Em outra mesa, o banqueiro Russel celebra seu sucesso pessoal com a esposa Suki. A vulgaridade e insensibilidade grosseira desses personagens é a característica principal da obra.
Encenadas em português, as peças de teatro adulto devem ser de autoria de dramaturgo britânico ou inspiradas em textos literários ou poéticos de autores britânicos, e ser dirigida ao público jovem (a partir dos 14 anos). Os espetáculos infantis deverão ser voltados a crianças a partir de 7 anos e inspirados na arte ou na cultura inglesa. As montagens poderão seguir padrões convencionais de encenação ou adotar os formatos dos espetáculos de rua e teatro de bonecos. Os projetos de dança deverão propor coreografias inéditas inspiradas na obra de um ou mais artistas plásticos britânicos. A temática deverá ser dirigida a jovens a partir de 14 anos.
Os candidatos podem acessar o site www.culturainglesasp.com.br/festival para conhecer o regulamento do processo de seleção, obter cópia da ficha de inscrição e esclarecer dúvidas por meio do e-mail festival@culturainglesasp.com.br. As inscrições para a 14ª edição do festival já estão abertas.

Previous E o prêmio vai para...
Next Da Bahia para o Brasil

About author

You might also like

Bastidores 0 Comments

A Noite do Barqueiro

O espetáculo “A Noite do Barqueiro” faz única apresentação no dia 19 de julho, domingo, no Teatro Cacilda Becker, de São Bernardo do Campo (SP). A montagem é um solo

Bastidores 0 Comments

Débora Duboc reestrEia comédia de Dario Fo e Franca Rame, com direção de Neyde Veneziano

Estressada por conta de uma crise afetiva, a publicitária Júlia, produtora de comerciais, resolve gravar um DVD para deixar ao marido, antes de se matar. Empenhada nessa tarefa, vive aventuras

Bastidores 0 Comments

Funarte é palco para mostra de teatro juvenil da Cia Arthur-Arnaldo

Está em cartaz desde o dia 13 de junho, na Sala Carlos Miranda da Funarte São Paulo, a Mostra de Teatro Juvenil da Cia Arthur Arnaldo. O primeiro espetáculo encenado

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!